quinta-feira, 25 de setembro de 2014

TIRANDO PROVEITO DAS CRISES

Esboço de Pregação

Texto (Ex.12:29-36;14:5-31) E aconteceu que à meia-noite o Senhor feriu todos os primogênitos na terra do Egito, desde o primogênito de Faraó, que se assentava em seu trono, até o primogênito do cativo que estava no cárcere, e todos os primogênitos dos animais.   
30 E Faraó levantou-se de noite, ele e todos os seus servos, e todos os egípcios; e fez-se grande clamor no Egito, porque não havia casa em que não houvesse um morto.   
31 Então Faraó chamou Moisés e Arão de noite, e disse: Levantai-vos, saí do meio do meu povo, tanto vós como os filhos de Israel; e ide servir ao Senhor, como tendes dito.   
32 Levai também convosco os vossos rebanhos e o vosso gado, como tendes dito; e ide, e abençoai-me também a mim.   
33 E os egípcios apertavam ao povo, e apressando-se por lançá-los da terra; porque diziam: Estamos todos mortos.   
34 Ao que o povo tomou a massa, antes que ela levedasse, e as amassadeiras atadas e em seus vestidos, sobre os ombros.   
35 Fizeram, pois, os filhos de Israel conforme a palavra de Moisés, e pediram aos egípcios jóias de prata, e jóias de ouro, e vestidos.   
36 E o Senhor deu ao povo graça aos olhos dos egípcios, de modo que estes lhe davam o que pedia; e despojaram aos egipcios. 
(Ex. 14: 5-31)  Quando, pois, foi anunciado ao rei do Egito que o povo havia fugido, mudou-se o coração de Faraó, e dos seus servos, contra o povo, e disseram: Que é isso que fizemos, permitindo que Israel saísse e deixasse de nos servir?   
6 E Faraó aprontou o seu carro, e tomou consigo o seu povo;   
7 tomou também seiscentos carros escolhidos e todos os carros do Egito, e capitães sobre todos eles.   
8 Porque o Senhor endureceu o coração de Faraó, rei do Egito, e este perseguiu os filhos de Israel; pois os filhos de Israel saíam afoitamente.   
9 Os egípcios, com todos os cavalos e carros de Faraó, e os seus cavaleiros e o seu exército, os perseguiram e os alcançaram acampados junto ao mar, perto de Pi-Hairote, diante de Baal-Zefom.   
10 Quando Faraó se aproximava, os filhos de Israel levantaram os olhos, e eis que os egípcios marchavam atrás deles; pelo que tiveram muito medo os filhos de Israel e clamaram ao Senhor:   
11 e disseram a Moisés: Foi porque não havia sepulcros no Egito que de lá nos tiraste para morrermos neste deserto? Por que nos fizeste isto, tirando-nos do Egito?   
12 Não é isto o que te dissemos no Egito: Deixa-nos, que sirvamos aos egípcios? Pois melhor nos fora servir aos egípcios, do que morrermos no deserto.   
13 Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do Senhor, que ele hoje vos fará; porque aos egípcios que hoje vistes, nunca mais tornareis a ver;   
14 o Senhor pelejará por vós; e vós vos calareis.   
15 Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? dize aos filhos de Israel que marchem.   
16 E tu, levanta a tua vara, e estende a mão sobre o mar e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.   
17 Eis que eu endurecerei o coração dos egípcios, e estes entrarão atrás deles; e glorificar-me-ei em Faraó e em todo o seu exército, nos seus carros e nos seus cavaleiros.   
18 E os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando me tiver glorificado em Faraó, nos seus carros e nos seus cavaleiros.   
19 Então o anjo de Deus, que ia adiante do exército de Israel, se retirou e se pos atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles e se pôs atrás,   
20 colocando-se entre o campo dos egípcios e o campo dos israelitas; assim havia nuvem e trevas; contudo aquela clareava a noite para Israel; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro.   
21 Então Moisés estendeu a mão sobre o mar; e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite, e fez do mar terra seca, e as águas foram divididas.   
22 E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes qual muro à sua direita e à sua esquerda.   
23 E os egípcios os perseguiram, e entraram atrás deles até o meio do mar, com todos os cavalos de Faraó, os seus carros e os seus cavaleiros.   
24 Na vigília da manhã, o Senhor, na coluna do fogo e da nuvem, olhou para o campo dos egípcios, e alvoroçou o campo dos egípcios;   
25 embaraçou-lhes as rodas dos carros, e fê-los andar dificultosamente; de modo que os egípcios disseram: Fujamos de diante de Israel, porque o Senhor peleja por eles contra os egípcios.   
26 Nisso o Senhor disse a Moisés: Estende a mão sobre o mar, para que as águas se tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros.   
27 Então Moisés estendeu a mão sobre o mar, e o mar retomou a sua força ao amanhecer, e os egípcios fugiram de encontro a ele; assim o Senhor derribou os egípcios no meio do mar.   
28 As águas, tornando, cobriram os carros e os cavaleiros, todo o exército de Faraó, que atrás deles havia entrado no mar; não ficou nem sequer um deles.   
29 Mas os filhos de Israel caminharam a pé enxuto pelo meio do mar; as águas foram-lhes qual muro à sua direita e à sua esquerda.   
30 Assim o Senhor, naquele dia, salvou Israel da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar.   
31 E viu Israel a grande obra que o Senhor operara contra os egípcios; pelo que o povo temeu ao Senhor, e creu no Senhor e em Moisés, seu servo. 

Introdução
Você já se encontrou num beco sem saída? Está passando por um problema para o qual não descobriu uma solução? Moisés passou por isto, quando fugia de Faraó com todo o povo de Israel. De repente, se viu cercado: dos lados, montanhas altas, à frente o Mar Vermelho e atrás o poderoso exército de Faraó.Vamos ver como ele saiu dessa enrascada e aprender lições para nossa vida.
Primeira Lição
NÃO DÊ OUVIDOS ÀS PALAVRAS DE DERROTA, MAS AFIRME AS PROMESSAS DE DEUS
(Ex.14: 11-14) “E disseram a Moisés: Não havia sepulcros no Egito, para nos tirar de lá, para que morramos neste deserto? Por que nos fizeste isto, fazendo-nos sair do Egito? Não é esta a palavra que te falamos no Egito, dizendo: Deixa-nos, que sirvamos aos egípcios? Pois que melhor nos fora servir aos egípcios, do que morrermos no deserto. Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do SENHOR, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais os tornareis a ver. O SENHOR pelejará por vós, e vós vos calareis”. Quando você está numa crise, evite dar ouvido aos murmuradores, queixosos e reclamadores, aos pessimistas e aos que não têm fé. Como fez Moisés, declare a Palavra do Senhor e firme-se na fé. (ICo.10:1-11) “Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem, e todos passaram pelo mar. E todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar, E todos comeram de uma mesma comida espiritual, E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo. Mas Deus não se agradou da maior parte deles, por isso foram prostrados no deserto. E estas coisas foram-nos feitas em figura, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram. Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para folgar. E não nos prostituamos, como alguns deles fizeram; e caíram num dia vinte e três mil. E não tentemos a Cristo, como alguns deles também tentaram, e pereceram pelas serpentes. E não murmureis, como também alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor. Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos”. (Fp.2:14) “Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas”. Não seja um murmurador.
Segunda Lição
ENFRENTE O PROBLEMA E NÃO ACEITE FICAR PARALISADO POR ELE
(Ex.14: 15) “Então disse o SENHOR a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem”. A fé é uma atitude. As águas do mar só se abriram depois que o povo começou a marchar. Muitas vezes, esperamos Deus agir para avançarmos, mas normalmente Deus age quando avançamos. Quando estiver com problemas, não fuja ou fique paralisado. Comece a orar pelo seu problema e a agradecer pela solução. (Hb.10:38-39) “Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma”. Deus não se alegra de covardes. (Ap.21:8) “Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte”.
Terceira Lição
USE OS RECURSOS QUE DEUS LHE DEU, AINDA QUE PAREÇAM INSUFICIENTES
(Ex.14:. 16) “E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco”. Moisés só tinha uma vara na mão, mas ela seria um instrumento de milagres. Jesus alimentou uma multidão a partir de cinco pães e dois peixinhos. Sempre que estiver num problema, comece usando aquilo que Deus já lhe deu, mesmo que pareça pouco. Não despreze os pequenos começos (Zc.4:10) “Pois quem despreza o dia dos humildes começos, esse alegrar-se-á vendo o prumo na mão de Zorobabel. Aqueles sete olhos são os olhos do Senhor, que percorrem toda a terra”.
Quarta Lição
TENHA CONFIANÇA NO QUE DEUS LHE FALA
(Ex.14: 22) “E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda”. Não foi fácil para Moisés e seu povo passar pelo meio do mar. As águas de um lado e do outro pareciam uma grande ameaça. Eles precisaram confiar em Deus, que Ele seguraria as águas para não destruí-los. Pratique o que está declarado em (Rm.8:28) “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”.
Quinta Lição

NÃO SE CONTENTE APENAS 
EM SAIR DE UMA SITUAÇÃO DIFÍCIL, 
MAS BUSQUE VER DESTRUÍDO PARA SEMPRE AQUILO QUE LHE AMEAÇOU


(Ex.14:27) “Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar retornou a sua força ao amanhecer, e os egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o SENHOR derrubou os egípcios no meio do mar”. Além de tirar o povo do ” beco sem saída” pelo poder de Deus, Moisés perseverou até ver o exército de inimigos destruído. É assim que devemos agir. Exemplo: Você deve buscar não apenas sair de uma dívida, mas não entrar nunca mais em outra. Demonstre seu arrependimento (Mt. 3:8) “Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento”.
Gancho Evangelístico (5 min.)
Se houver visitante descrente, faça o seguinte apelo: Há becos sem saída que só venceremos pelo poder de Deus. O poder de Deus, porém, só está disponível para aqueles que têm aliança com Ele. Você quer fazer uma aliança com Deus agora? faça a oração de entrega e consolide os que foram ganhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário